facebookyoutubegoogletwitterrss
SRP logo

Recover password | Register

login facebook

À conversa com… Tiago Lapa

By Gil A. on Novembro - 5 - 2011

Antecipando o início do Campeonato iR-PT S2, a equipa do iRacing-Portugal sentou-se numa esplanada à conversa com Tiago Lapa, o justo vencedor do Troféu iR-PT S1 para uma conversa sobre o simracing.


iRacing-Portugal (iR-PT): Tiago, já não és propriamente um novato nisto dos simuladores automóveis, tendo começado no Live For Speed (LFS). Não queres explicar-nos como começaste?

Tiago Lapa (TL): Olá!
Desde pequeno que sempre tive um gosto especial por jogos de corridas e a progressão em direcção a jogos cada vez mais realistas foi natural.
Por volta de 2004, descobri um jogo que me deixou instantaneamente fascinado. Chamava-se “Live For Speed – S1” e estava carregado de pequenos detalhes que outros simuladores na altura não apresentavam.
Gostei da sensibilidade no controlo do carro, a resposta das suspensões, os pneus deformáveis e a qualidade técnica do motor físico em geral. Tinha um preciosismo que era exibir em tempo real as forças aplicadas no veiculo. Explorei o jogo no computador do meu irmão enquanto pude. Quando finalmente arranjei um computador decente, instalei o LFS, já na sua versão S2. A partir daí foi vicio total. Passado uns meses fui obrigado a adquirir um volante, para poder explorar melhor todo o conteúdo deste simulador.

 

iR-PT: Tiago, o que te levou ao mundo do iRacing?

TL: O gosto por experimentar simuladores novos e este foi especialmente inovador em algumas áreas. Delicio-me principalmente com as réplicas quase perfeitas dos circuitos reais.

 

iR-PT: Para além do iRacing, actualmente guias regularmente noutros simuladores (por ex: LFS, nK Pro, rF) ?

TL: Vou experimentando as novidades quando posso. Esporadicamente regresso ao rF pela sua vasta coleção de mods e nK Pro pela excelente sensação de condução que proporciona.

 

iR-PT: Falando por mim, és dos pilotos portugueses mais rápidos que conheço no iRacing; no entanto os teus resultados provam o contrário. Como justificas as tuas performances menos conseguidas nos campeonatos oficiais do iRacing?

TL: Praticamente não faço corridas no serviço e isso reflete-se no rating oficial. Nunca que foquei em um campeonato especifico mas gosto sempre de participar em campeonatos nacionais.

 

iR-PT: Falando-nos um pouco da tua equipa, a Fluid Racing Team, era conhecida por ter vários pilotos muito rápidos no LFS. Vocês ainda anseiam pelo lançamento da versão final (S3) desse simulador, ou mudaram-se de “armas e bagagens” para outros simuladores?

TL: Sempre nos esforçamos por ter um andamento rápido e prestavamos muita atenção na preparação das corridas. No entanto o mais importante era o excelente espirito de grupo que proporcionava muitas horas agradáveis de puro vicio. Actualmente andamos todos um bocado dispersos e perdemos totalmente o foco no LFS. Ficam os bons momentos e as amizades criadas.
Mas o nosso lar será para sempre o LFS, que felizmente continua a ser desenvolvido, apesar do ritmo lento. No entretanto vou-me divertindo e aproveitando os simuladores de corridas como melhor posso.

 

iR-PT: Foste um dos primeiros pilotos portugueses a experimentar o novo modelo físico de pneus (NTM) no iRacing, tendo-nos até apresentado alguns comentários sobre o mesmo. O que esperas do iRacing 2.0?

TL: Espero que seja uma actualização substancial a este simulador, dando um seguimento natural à progressão que tem apresentado nos ultimos meses.

 

iR-PT: E o que anseias mais no iRacing 2.0, para além do NTM?

TL: Pessoalmente, gostaria de ver avanços no campo do som, tais como a melhoria dos ruídos ouvidos dentro do cockpit de um carro de corrida. Também era bom se pudessem melhorar a simulação do desgaste do carro e travões.

 

iR-PT: Que recomendações dás a quem se quer iniciar no iRacing?

TL: Se é o primeiro simulador que vão experimentar, recomendo vivamente explorarem outros mais baratos e acessiveis. Caso sejam já minimamente conhecedores dos vários simuladores existentes, não perdem nada em experimentar. Provavelmente vão ficar convencidos como eu fiquei.

 

iR-PT: O Campeonato iR-PT S2 está à porta. Consideras-te um dos favoritos?

TL:Sim, aí está a segunda temporada do campeonato e agora ao volante de um monolugar com apoio aerodinâmico.
Espero que seja uma competição bem sucedida cheia de momentos divertidos.
Desta vez não me sinto confiante para lutar pelo lugar mais alto do pódio mas não esperem de mim o mesmo comportamento das corridas de pré-época. Vou lá dar o máximo, para ganhar. 🙂

 

iR-PT: E o que pensas da escolha de viatura (Star Mazda) e do calendário por parte da Organização deste Campeonato?

TL: No que toca ao veiculo escolhido pela organização não tenho nada de negativo a apontar, pois desta vez vamos subir o degrau de dificuldade e só os melhores conseguirão lutar pelo título.
Cada um dos circuitos têm particularidades próprias e vão certamente proporcionar boas lutas. Bom campeonato a todos.

 

iR-PT: Finalmente, se ganhasses o jackpot do Euromilhões e tivesses de o gastar todo na criação do melhor simulador automóvel de todos os tempos, como farias? Por exemplo, juntarias alguns dos melhores artistas (Dave Kaemmer, Steffano Casillo, Renato Simoni…) para a sua realização? Que componentes é que darias prioridade?

TL: Se tivesse esse dinheiro todo construía uma réplica real de Blackwood – circuito fictício do LFS.

 


Da parte do iR-PT, apenas nos resta agradecer o tempo dispensado pelo Tiago Lapa a responder às nossas questões e desejar-lhe boa sorte para o Campeonato.

Categories: Entrevistas

Comments are closed.

Based on a template designed by: Web2feel.com
Google+
Subscribe to Posts | Subscribe to Comments
Copyright © 2017 SimRacing Portugal