facebookyoutubegoogletwitterrss
SRP logo

Recover password | Register

login facebook

Entrevista com João Vaz, português no topo do SimRacing

By SRP on Janeiro - 20 - 2011

João Vaz é um SimRacer português que conta já com uma longa história no SimRacing, e que desde sempre se destacou pelos bons resultados, o que o levou a atingir um nível próximo do profissionalismo nesta actividade.
Actualmente dedicado àquele que é considerado por muitos o melhor simulador disponível, o iRacing, João Vaz está integrado na  Orion Race team e conta com o patrocínio pessoal do fabricante de calçado para SimRacers, a SimBoot, tendo já atingido a licença de PRO (a mais alta) no iRacing.
No ano de 2010, o SimRacer português terminou a “iRacing Pro Road Series” (competição reservada aos 250 melhores iRacers), nos 20 primeiros sendo assim convidado para participar no topo das competições de SimRacing, o “iRacing Drivers World Championship for Road Racing (iDWCRR)“, competição reservada aos 50 melhores, e que foi ganha na época anterior pelo “World’s fastest Alien”, Greger Huttu.

Com quase 90 vitórias em mais de 260 corridas no iRacing, João Vaz chega assim por mérito e trabalho próprio ao topo do SimRacing, e o SRP aproveitou a deixa para uma curta entrevista com o português:

Sucintamente, fala-nos do teu percurso no SimRacing, até chegares ao iRacing?

Desde criança que gosto de velocidade e do desporto motorizado. Nos meus tempos de liceu os meus amigos mais próximos corriam em karts no campeonato nacional e eu tinha muita vontade de os acompanhar. Infelizmente para mim, para este tipo de hobby era e é preponderante o apoio dos pais, tanto monetário como o próprio consentimento…algo que nunca aconteceu comigo.
O substituto foi o PC e na altura o “F1 ACOLADE”. Devo ter sido dos primeiros em Portugal a ter um volante ligado a um PC e desde aí nunca mais parei de acompanhar os simuladores de velocidade nos PC’s.
Passei por várias simuladores até chegar ao iRacing que é, na minha opinião, o melhor de sempre.

Como te interessaste pelo iRacing, e quando começaste a correr?

Em 2004 ganhei o que é hoje o campeonato do mundo de iRacing nas ovais. Nessa data o simulador utilizado era o Nascar Racing 2002 da Papyrus. Depois deste campeonato, que teve muito impacto no sim-racing norte americano, ganhei nome na comunidade e acabei por ser mesmo “Beta Tester” do que é hoje o iRacing.
Depois de uma longa pausa do sim-racing, voltei a correr em Junho 2009, integrei-me novamente na comunidade, muitos dos pilotos actuais já tinha corrido com eles no passado, e fiz a escalada normal dentro do iRacing.

O que te atrai no iRacing mais do que noutros simuladores?

Há vários factores:
1. A preocupação que houve no detalhe das pistas – todas modelados através de um levantamento no local com tecnologia “laser”;
2. O modo de agregar a comunidade num sistema de ligas com, por ex: dados estatísticos de todos os pilotos;
3. O realismo dentro e fora de pista que somos forçados a aceitar – desde o castigo pela má condução aos “press releases” semana a semana;
4. O rigor do comportamento dos carros em sí e a forma como foram modelados – por ex: a equipa do iRacing esteve em Silverstone na sede da Williams a modelar o FW31;
5. Os outros simuladores não me parecem tão desenvolvidos a todos estes níveis…;

Como foi o teu percurso dentro deste simulador?

Comecei por baixo como todos os “new commers”, a correr com o Solstice. Cedo me apercebi que numa fase inicial o importante era ser seguro dentro de pista e terminar as corridas. Há muito bons pilotos no iRacing – neste simulador confluem os melhores pilotos de muitos outros, desde GTR a rFactor a N03…etc. e por isso não forcei os resultados, eles foram aparecendo normalmente.
Há medida que fui evoluindo nas licenças, fui passando para carros mais potentes que exigem um nível mais elevado e as corridas foram ficando ainda melhores e mais limpas. Chegar ao topo foi um processo lento, de paciência mas acima de tudo de muito divertimento.

Era/é teu objectivo chegar ao topo do iRacing?

Sim.

O que sentiste quando te começaste a aperceber que irias chegar ao iRacing.com World Championship Road Racing?

De início eu sabia que tinha tudo para conseguir, até porque muitos dos pilotos que estavam no topo já havia corrido contra eles e sei que tenho “jogo para eles”. Foi no entanto bem mais difícil do que estava à espera. Como disse, há muito bons pilotos no iRacing e todos eles no seu melhor. Treinam mais, preparam-se mais, entendem como preparar os carros com mais rigor…resumidamente neste simulador é tudo mais à seria. Quando percebi que me tinha “safado” respirei de alívio…

Quais são as tuas perspectivas para esta primeira participação na competição?

Vou lutar para estar no TOP5. Se vierem podiuns e vitórias, vou sentir que é o máximo que podia pedir mas não conto com estes resultados em todas as corridas. O nível de competição nesta prova não tem precedentes e estão seguramente 50 dos melhores do mundo. Temos pilotos que tem muito tempo para treinar, porque não trabalham e tem outra disponibilidade. No entanto estou também numa das melhores equipas do mundo e vou estar a ser particionado, ou seja, tenho muito apoio. Vou dar o máximo…

Por último, tens algumas dicas/conselhos a dar a quem corre no iRacing?

1. Divirtam-se;
2. Um bom computador (no mínimo 120 FPS);
3. Um bom volante (aconselho G25 ou G27, mas há outros igualmente bons);
4. Devorem o que se escreve nos fóruns do iRacing em relação à pista da semana da classe em que correm;
5. Visitem as páginas das boas equipas (www.orionraceteam.com é uma delas) – tem muitos setups, arquivos de como preparar os carros, ajudas etc…;
6. Afinem bem o volante (pessoalmente não gosto de FFB e uso menos graus de rotação no meu G25 do que aqueles que o volante permite);
7. Aprendam a afinar o carro. O que resulta para um piloto pode não resultar para outro. Por vezes pego no setup de colegas de equipa e sou 1 segundo mais lento do que eles. Quando pego no meu setup sou 1 segundo mais rápido e nem é muito diferente, ou seja, afinar o carro é um jogo de pormenores;
8. Um bom “Qualify” garante um bom resultado na corrida;

Agradecimentos à minha equipa e ao meu patrocinador:
www.orionraceteam.com
www.simboot.com

Abraço a todos e prego a fundo!

Resta também ao SRP agradecer a disponibilidade e simpatia do João, desejar boa sorte e estamos todos a torcer por ele.

Passem no fórum para deixarem o vosso comentário à entrevista:  Entrevista com João Vaz, português no topo do SimRacing

Categories: Entrevistas

Comments are closed.

Based on a template designed by: Web2feel.com
Google+
Subscribe to Posts | Subscribe to Comments
Copyright © 2017 SimRacing Portugal